kinesiotaping

Kinesiotaping é uma técnica desenvolvida em 1970 no Japão pelo  Dr. Kenzo Kase que utiliza bandagem elástica sobre a pele para auxiliar no tratamento de lesões traumáticas de nervos e músculos. Por apresentar a propriedade elástica, após a aplicação promove uma tração constante na pele com força para cima, diferente de uma bandagem comum. É uma técnica de reabilitação projetada com a finalidade de facilitar o processo de cura natural do corpo, através de apoio e estabilidade aos músculos e articulações, sem restringir por completo a amplitude de movimento.

Esta técnica alivia o desconforto e facilita a drenagem linfática levantando microscopicamente a pele. Essa característica aumenta o espaço intersticial e permite uma diminuição na inflamação, reduzindo a pressão enquanto permite um melhor fluxo sanguíneo e linfático para fora da área lesionada. Causa também um aumento da propriocepção ao excitar mecanorreceptores, o que acaba por melhorar a movimentação.

Outra técnica utilizada na Clínica Humanis é a do Spiral Taping.

Diferentemente do Kinesiotaping, no Spiral Taping são utilizadas bandagens inelásticas. Essa técnica foi trazida do Japão por um ortopedista e acupunturista brasileiro e surpreende pela rapidez e eficiência de resultados em diversas patologias e níveis de dor.
Esta técnica atua tanto na dor quanto na inflamação, em casos crônicos e agudos, variando a quantidade de aplicações nos vários casos apresentados.foto de aplicação para tratamento de síndrome do túnel do carpo Trata patologias como LER/DORT, bursites, distensões, torções, hérnias, torcicolos, epicondilites, fibromialgia, edemas e câimbras de membros inferiores, síndrome do túnel do carpo e asma entre outras.